Verdade ou Mentira? A enfermeira que gravou áudio de Bolsonaro xingando ela foi demitida? - .: Radio 101 News Fm - A Rádio Popular da Região :.

domingo, 23 de setembro de 2018

Verdade ou Mentira? A enfermeira que gravou áudio de Bolsonaro xingando ela foi demitida?



É verdade que a enfermeira que gravou o áudio do candidato à Presidência Jair Bolsonaro a xingando no hospital foi demitida?
A notícia apareceu nas redes sociais no dia 21 de setembro de 2018 e ganhou notoriedade através de milhares de compartilhamentos também através dos grupos no WhatsApp. De acordo com o texto, Conceição – a enfermeira que teria gravado o áudio em que Bolsonaro a chama de “puta”, foi demitida do hospital Albert Einstein onde o político estava internado!
A mulher, que teria vindo de Nova Guiné, teria afirmado que não se arrepende do que fez e que pretende continuar no Brasil.
Juntamente com o texto, uma foto mostra uma jovem mulher, segurando um aparelho que ela teria escondido no bolso do avental de enfermeira, enquanto gravava o áudio.
Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?
Reprodução/Facebook

Verdade ou mentira?

Em algumas publicações, o assunto rendeu centenas de milhares de compartilhamentos no Facebook, mas só que essa notícia é totalmente falsa!
Em primeiro lugar, já mostramos aqui no E-farsas que o áudio mostrando uma voz parecida com a do Bolsonaro xingando uma enfermeira é falso. Para quem ainda não viu, fizemos aqui um vídeo analisando alguns pontos que denunciam a farsa.
Apenas com essa constatação, já podemos afirmar com certeza que ninguém foi demitido por causa disso. Afinal, essa história de áudio vazado é balela.
Quanto à foto, a moça nada tem a ver com nada e sequer mora no Brasil. Alguém pegou uma foto aleatória na web e a usou para tentar enganar as pessoas no Facebook.
Um detalhe na foto nos ajudou a desvendar a sua origem. Note nesse zoom o nome do bar:O bar, na verdade, se chama Cervejaria Fininho e fica em Luanda, em Angola. Veja as fotos da cervejaria na página do estabelecimento no Facebook!

Conclusão

A notícia da enfermeira que teria sido despedida por ter gravado o áudio de xingamento do Bolsonaro é falsa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial